segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

165- Limão e a Frutoterapia

Limão e a Frutoterapia

Tags: limão propriedades Dr. Apollinaire DSCHOUTEZO
Por Dr. Apollinaire DSCHOUTEZO *

Uma das frutas mais disponíveis em todo o planeta e, muito versátil nas formas de preparo e consumo, sempre é possível integrar o limão na alimentação diária.


Os principais minerais presentes nas diferentes partes do limão são: sílica, cálcio, ferro, manganês e cobre.


O Limão por ser rico também em vitaminas B1, B2 e B3, é um alimento recomendado na prevenção de doenças do sistema nervoso.


Cerca de 7% do suco do limão é composto por ácidos: cítrico + ascórbico (vitamina C). Tal fato explica porque o limão ganhou a reputação secular de prevenir o escorbuto. Tais ácidos do limão interferem também no bom funcionamento das glândulas endócrinas e evita hemorragias, tão comum em diabéticos e pessoas da terceira idade.


Ao mesmo tempo, o limão é um anticoagulante natural. Mas, exatamente por seu poder regulador (anti-hemorrágico <-> anti-coagulante) apresenta-se superior a muitas drogas farmacêuticas.


O limão, por sua riqueza em sais minerais e em ácido cítrico, tem a propriedade de manter as células jovens, oxigenadas (Ciclo de Krebs) e ativas (eletroquímica e eletromagnetismo).


Devido ao seu teor de vitamina PP (niacina - componente de coenzimas relacionadas às enzimas respiratórias e vasodilatadoras), o limão é um alimento recomendado na prevenção de problemas cardiovasculares (protetor arterial).


O consumo diário do limão é muito recomendado para uma gravidez feliz. Também na prevenção e tratamento de doenças infecciosas e do câncer.


O limão é reconhecido milenarmente como um antibiótico e anti-séptico intestinal. Tomado em jejum e de forma diluída, esta ‘limonada’ cicatriza os tecidos intestinais e destrói putrefação. Na Índia, o suco de limão é a bebida sagrada do desjejum matinal, agindo como agente de purificação, regulação e antídoto de envenenamento ou intoxicação.


Com ação de laxante suave, é ideal para regular os intestinos, esteja ele solto ou constipado. E ainda, com seu poder adstringente, reduz a formação dos gases intestinais. Desta forma, evita o inchaço do estômago e dos intestinos. É indicado também como coadjuvante no tratamento de retrocolites e síndromes dos intestinos (SII, Doença de Chron etc.). Saiba mais aqui


Rico em enzimas e sais minerais, depois de uma refeição pesada é recomendado que se tome suco fresco de limão diluído num chá digestivo ou água morna (não deixe que o calor destrua as enzimas do limão) para acelerar o fogo da digestão e a desintoxicação. O consumo regular e correto do limão irá facilitar a liberação dos excessos de gordura corporal, assim como evitar a formação de tais depósitos.


O limão neutraliza e ajuda na expulsão de toxinas. Com esta ação desintoxicante e digestiva, é indicado também para estimular todos os sistemas cardiovascular e respiratório. Integrado a sua de purificação ocorre uma redução da viscosidade do sangue de pessoas hipertensas ou com históricos de colesterol e/ou triglicérides elevados. Portanto, o limão é um hipotensor natural.


Recomendado na prevenção e tratamento de disfunções hepáticas e pancreáticas, o limão é um poderoso protetor e depurador hepático. Seu consumo diário é indicado em casos de esteatose (fígado gorduroso). O limão também tem uma função reguladora sobre o pâncreas, portanto recomendado na prevenção e históricos de diabetes.


Recomendado na prevenção e tratamento de disfunções do trato urinário, pois o limão é um dos melhores diuréticos que existem. O consumo diário de limão evita a formação de cálculos (renais e vesicais), como também de aglomerados de células como cistos e tumores. Saiba mais aqui


Em países tropicais o limão pode ser usado na prevenção eficaz contra a malária. Para tanto o indicado é a Terapia Intensiva do Limão (19 dias), mais eficaz ainda se a ‘limonada’ é misturada com água de barro. Sucos e limonadas são refrescantes e pode ser coadjuvantes na redução de febres em geral. Ou seja, o limão tem propriedades de refrescar e reduzir a temperatura corporal. Lembre das limonadas no verão!


O óleo essencial (OE) de limão contém substâncias químicas (monoterpenos), entre elas o d-limoneno, que agem como um quimioterápico natural, prevenindo e impedindo o desenvolvimento do câncer.


A Terapia Intensiva do Limão, também conhecida como Citroterapia ou Cura do Limão, pode ajudar em vários aspectos do psico-emocional como: parar de fumar, melhorar a lucidez e disposição mental, melhorar as habilidades de inteligência, favorecendo-lhe uma boa memória. Melhor sono, portanto disposição e bom-humor matinal. Pesadelos e insônia podem ser resolvidos com esta terapia da Cura do Limão.


Suas folhas e flores têm uso terapêutico amplo. As flores e as folhas do limão contém fito-hormônios que acalmam e alegram. Pode ser usadas via terapia floral, aromaterapia ou fitoterapia (sucos e chás).

Uso externo

O limão tem grande aplicação no campo da estética com as funções principais de agir como: bactericida, cicatrizante, antioxidante, adstringente, esfoliante, anti-manchas, anti-caspas e ativador da respiração celular.


O uso tópico correto de suco fresco do limão permite a desinfecção e cicatrização de feridas. Experimentos de laboratório mostraram que o suco de limão mata os germes da tuberculose, a sífilis e da febre tifóide.


Feridas na boca e gengivas podem ser tratadas e curadas com o uso tópico de um cotonete embebido em suco fresco de limão. Em casos de inflamação da garganta, tosses e rouquidão, se recomenda um gargarejo a cada hora. Na odontologia o uso adequado do limão tem aplicações mais amplas: combate a piorréia e destrói micro fermentação bacteriana oral. Neste caso, deve ser diluída uma colher de café de suco fresco de limão em meio copo de água filtrada ou chá forte de orégano. Saiba mais aqui


A casca do limão contém flavonóides e monoterpenos, que ativam a circulação periférica de membros, pés e mãos. Óleos de massagem contendo o óleo da casca do limão (óleo essencial de limão ou OE de limão) são indicados para varizes, pernas cansadas, artrite reumática e fortalecer unhas. Saiba mais aqui


Uma receita caseira para tratar rachaduras de pele é a mistura de suco de limão com glicerina. Saiba mais aqui


No livro O poder de cura do limão você irá encontrar receitas caseiras para tratar problemas de couro cabeludo (queda capilar e caspa) e de pele (acnéica, oleosa e manchas). As principais funções do limão nestas receitas são: seu poder de adstringência e, provocar respiração/nutrição celular.


O limão quando consumido de forma errada, como qualquer remédio, pode causar desmineralização e até anemia. Neste caso, volte para o seu consumo correto e saudável, ou seja, sempre acompanhado de frutas, folhas verdes, legumes, feijões, raízes e sementes. Saiba mais aqui.


* Apollinaire DSCHOUTEZO: doutor formado pela Universidade aberta de medicinas complementares do Sri Lanka. Formado em Naturopatia e Homeopatia Clínica. Especializou-se em Alimentação e Saúde (OCM). É presidente e fundador da Associação Universidade aberta de Ayurveda e Naturopatia (Espanha e Portugal).

*********

TERAPIA VIBRACIONAL

Lena Rodriguez

www.cuidebemdevoce.com



Google + 1

Talvez se interesse:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Florais e Cia...