segunda-feira, 2 de maio de 2011

Nossa memória......

Após pesquisadores de renome mundial como Candace Pert, David Albert, Amit Goswani e muitos outros, expor sua perplexidade diante das novas descobertas da ciência, caem por terra preconceitos como o da "objetividade científica", e a consciência volta à cena. Todos eles são unânimes em afirmar que realidade não é o que existe lá fora e sim, o que nosso cérebro produz através de uma complexa rede de conexões neuronais movida por... emoções. Ou seja, não existe isso que chamamos "realidade material"... a única realidade que existe é a nossa percepção individual e singular daquilo que nossa história de vida plasmou como sendo real.
_______

"No laboratório podemos gerar um holograma a partir de um feixe de luz emitido por um laser. Divide-se esse feixe em dois feixes: um vai diretamente à chapa fotográfica e, o outro vai para essa mesma chapa fotográfica após ser refletido pelo objeto a ser fotografado.

Para reproduzir a foto do objeto, em 3 dimensões, usa-se o mesmo laser para iluminar o holograma gerado na etapa anterior.

Uma das características espantosas do holograma é que cada parte contém o todo: se você cortar o filme holográfico em quatro partes e incidir o laser em cada um desses pedaços, eles não irão revelar quatro partes da cena fotografada, mas cada pedaço irá mostrar um versão menor de toda a cena.

Você pode cortar a chapa em quantos pedaços quiser e eles sempre irão projetar a mesma imagem inteira (completa), quando o laser os iluminam.

É exatamente porque o corpo humano é um holograma que cada célula contém toda a informação necessária para "crescer" um corpo inteiro. Portanto, pode-se clonar pessoas e animais a partir de uma única célula, usando-se sua informação genética contida no DNA (ácido desoxiribonuclêico).

A Medicina convencional tende a rejeitar alternativas como a Acupuntura, a Homeopatia, a Reflexologia, as Medicinas Tradicionais Xamânicas, etc. Mas se ela não estivesse tão "hipnotizada" pelo cartel farmacêutico dos manipuladores, ela iria perceber que o corpo é um holograma e a base de tais terapias alternativas não poderia ser mais simples.

A Reflexologia, por exemplo, baseia-se no entendimento de que diferentes partes do corpo (pés, mãos e orelhas) são espelhos de todo os órgãos e quando se trabalha sobre estas imagens refletidas, atua-se sobre o órgão da mesma forma.

A mesma coisa acontece com a Iridologia: todos os órgãos do corpo estampados na íris dos olhos.

Isto é perfeitamente lógico, já que o corpo é um holograma e cada parte do holograma contém a imagem do todo: cada célula contém o todo.

Acupuntura baseia-se nos sub-sistemas holográficos do corpo, assim como a Kiromancia, porque a mão contém informação de todo o corpo.

O corpo holográfico é uma expressão do holograma que é o universo e o cosmos, assim como cada parte do corpo ( o Micro-Cosmos repete o Macro-Cosmos). 

O cérebro não é a alma, o cérebro é um computador usado pela mente e portanto os cientistas nunca conseguiram localizar onde, no cérebro, encontra-se a alma. Eles nunca irão encontrar, porque a alma não está lá. 

Nós não pensamos com o cérebro, mas através do cérebro, na nossa realidade dos 5 sentidos. 

A ciência oficial também não localizou a área do cérebro que contém a memória, porque a memória, o "disco rígido do computador" está espalhada por todo o cérebro, já que o cérebro é um holograma e cada parte contém o todo. 

Pessoas já tiveram boa parte do cérebro removidas, por causa de tumores e surpreendentemente não perderam certas memórias específicas. 
O holograma tem uma enorme capacidade de armazenar informação: pode-se armazenar muitas cenas em um mesmo filme holográfico, por exemplo, e mudando-se o ângulo de incidência da luz do laser, escolher qual a cena que se quer ver.

Nossa memória funciona de forma semelhante: possuímos memória fotográfica holográfica.

Pessoas podem "ler" objetos, como relógios e jóias, e tirar deles informações detalhadas de suas histórias e dos donos, porque os objetos são hologramas que registram essas informações.

Os hologramas de nosso corpo armazenam a memória de todos nossos sentidos.

Quando, por exemplo, cheiramos algo isso pode acionar uma memória tão poderosa como quando vemos ou escutamos algo que nos lembra uma certa experiência.

A memória holográfica estende-se além do cérebro para todo o corpo holográfico.

O holograma do corpo contém a memória do holograma do cosmos e assim por diante.

Tudo está conectado com tudo. Tudo É tudo.

A Matriz não pode dividir o todo em partes porque a Unicidade é sempre a Unicidade, mas a Matriz pode dar a ilusão de divisão e de polaridade, e isso é o que ela faz, manipulando nosso sentido de realidade.

Divisão e polaridade são ilusões, porque tudo é Um.

Fonte Qual pílula vai escolher, a vermelha ou a azul?

_____

Definitivamente, rejeitar a realidade de consenso e criar a nossa própria é a transformação!
Cuide Bem de Você!

Lena Rodriguez
www.cuidebemdevoce.com

Google + 1

Talvez se interesse:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Florais e Cia...