segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

KVASS DE BETERRABA – Candidíase, etc...


Estava pesquisando sobre gordura & candidíase no livro Eat fat, loose fat, de Mary Enig e Sally Fallon, da Weston A. Price Foundation, quando me  deparei com o seguinte texto: "Christine sofreu com candidíase muitos anos (...) e começou a tomar o kvass de beterraba, uma xícara antes de cada refeição. Os resultados foram mágicos. Os sintomas de cândida desapareceram imediatamente e a fadiga também."
Kvass é uma bebida fermentada de origem russa, geralmente feita a partir de um pedaço de pão seco, ou da própria massa crua do pão. Refresca, alimenta e é muito popular. Tem sido amplamente usado na Europa em terapias contra o câncer. Depoimentos indicam que é excelente contra fadiga crônica, sensibilidade a produtos químicos, alergias e problemas digestivos.

O kvass de beterraba aparentemente ajuda no controle da candidíase por seus "extraordinários poderes curativos: grande tônico do sangue, promove a regularidade intestinal, ajuda a digestão, alcaliniza o sangue, limpa o fígado e é um bom tratamento para pedras nos rins". (...)

Modo de fazer:

. 2 beterrabas médias ou 3 pequenas, orgânicas, sem casca, picadas com faca (não raladas nem processadas)

. 1/4 de xícara de soro de leite feito em casa (colocar leite cru numa vasilha e deixar talhar, coar num pano e colher o soro em outra vasilha) (o coalho, pendurado numa trouxinha de pano durante a noite, vira um queijinho para a turma que não está em dieta)

. 1 colher de chá de sal

Colocar as beterrabas picadas, o soro e o sal num vidro de 1 litro, completar com água filtrada. Mexer, tampar bem e manter à temperatura ambiente por 2 dias; então guardar na geladeira. Ele faz bolinhas. Coar e servir. Tomar 2 xícaras por dia, tirando-as da geladeira algumas horas antes.

Quando o kvass estiver quase acabando, encher novamente o vidro com água filtrada, tampar bem, deixar 2 dias à temperatura ambiente e guardar na geladeira. Tomar e depois descartar tudo, começando novamente com beterrabas frescas.
Fonte: Sonia Hirsh
*****
Gatorade Caseiro
Essa deliciosa bebida, de origem russa, cujo nome original é “Beet Kvass”, é conhecida por suas propriedades medicinais e principalmente como um excelente tônico digestivo. Beterrabas são riquíssimas em nutrientes, têm uma cor lindíssima – sem a necessidade de nenhum corante artificial.
Além de uma excelente bebida, rica em lactobacilos, o “beet kvass” pode ser usado no lugar do vinagre ou do limão em molhos para as suas saladas. Não é uma grande idéia?
As crianças talvez estranhem inicialmente o sabor menos doce e ligeiramente azedo dessa bebida – eu estranho muito! Procure servi-la mais diuída no começo, se for o caso. A cor é bastante atraente, e se você preparar um copo bem bonito, com uma rodela de limão enfeitando, ela fica ainda mais atraente.
Para a lancheira essa é uma grande opção! Essa bebida não estraga facilmente fora da geladeira, se bem que tomá-la bem fresquinha é muito mais gostoso, portanto mande-a numa garrafinha térmica!
Ingredientes:
3 beterrabas médias (ou 2 grandes), de preferência orgânicas, descascadas e cortadas em fatias de cerca de 0,5 cm;
1/4 de xí­cara de soro de iogurte (ou pode ser o iogurte mesmo)
1 colher de sopa de sal marinho (de preferência não refinado, que aqui em SP eu acho na Casa Sta. Luzia)
água filtrada
Modo de Preparo:
Essa bebida é super nutritiva e digestiva e as beterrabas fornecem diversos nutrientes.
Coloque as beterrabas, o soro e o sal em um pote com tampa com capacidade para cerca de 3 litros e cmplete até quase a boca com água filtrada.
Mexa bem e tampe.
Deixe o pote fechado à temperatura ambiente por 2 dias e depois transfira para a geladeira.
Na hora de servir você vai notar algumas coisinhas brancas na superfí­cie, como se fosse um bolor. É só tirar e não há com o que se preocupar – isso é somente o resultado da fermentação das “bactérias boazinhas” provenientes do soro de iogurte e que são importantí­ssimas para uma boa saúde da flora intestinal.
Aliás, essa bebida é boa até para nós!!!
O cheiro dela, para quem não está acostumado, é meio estranho – parece daqueles pães fermentando!!
Mas eu estou de prova que o pequeno toma isso com o maior gosto!!!



Cuide bem de você...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google + 1

Talvez se interesse:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Florais e Cia...