sábado, 6 de setembro de 2008

56- DR. MARCIO BONTEMPO – MARTIUS GUTEZEIT


DR. MARCIO BONTEMPO – MARTIUS GUTEZEIT

Médico psicografa colega do século 17


Médico com formação em homeopatia, medicina ortomolecular, nutrição e saúde pública, Márcio Bontempo, foi eleito pelo também médico e alquimista Martius Gutezeit, que viveu no século 17, para receber e repassar para o povo as suas idéias alquímicas. Durante quase dois meses, ele psicografou a sabedoria médica do além.

Com mais de 40 títulos publicados e um dos responsáveis pela implantação da medicina natural científica no Brasil, Bontempo tem estruturado seu atendimento clínico privilegiando o ser humano, restabelecendo a saúde e não apenas combatendo os sintomas. Bontempo diz que não é espírita, mas se coloca como um eclético, um livre-pensador e estudioso de todas as religiões e filosofias. Já procurou videntes, médiuns e de todos recebeu informações "meio desencontradas" sobre a presença de espíritos de mestres indianos (com turbante e tudo), de elevados médicos ocidentais desencarnados que o acompanham e o inspiram. Fez tentativa frustrantes e contato com esses guias. Leu alguns livros de Chico Xavier e outras obras psicografadas. "Duvidava delas, acreditando que fossem escritas pelo próprio autor, no caso o encarnado. Fiz jejuns, meditações e rituais particulares esperando por um contato, tudo em vão. Acabei desistindo e dedicando-me a outras atividades.

Certo dia, no entanto, o médico começou a sonhar com um velho que dizia "coisas complexas, desconexas, incompreensíveis", lembra. Depois de muita persistência o velho de identificou como o doutor Martius Gutezeit, um alquimista que viveu na Alemanha aproximadamente entre 1650 e 1780. Foi perseguido pelos colegas e pelas autoridades por causa de suas críticas e opiniões relativas à classe médica, à medicina e à mentalidade de sua época.
 

E Bontempo diz que percebeu que Gutezeit era dono de uma inteligência aguda e intuição profunda, preocupado em ajudar cada ser humano com carinho e dedicação inusitada". O material transmitido foi psicografado sob o título em latim de "Mea Opera Medica", que acabou figurando como subtítulo do livro "Medicina e Alquimia" que acaba de ser lançado.

Um médico psicografando um colega do século 17. Como foi isso para o senhor?

Márcio Bontempo - Realmente não sei. Simplesmente comecei a sentir a necessidade de acordar durante a madrugada e escrever. Sei que me sentia "velho" e ficava muito cansado após duas horas de "trabalho" escrevendo coisas que "me vinham".

O senhor se preocupa com a crítica que possa receber de seus "colegas" cartesianos?

Márcio Bontempo - Não, de modo algum. Para os versados na filosofia e no pensamento holístico, essa é uma oportuna obra de constatação, em que se verifica que "não há nada de novo sob o Sol" e que tudo aquilo que hoje consideramos novo, revolucionário e recém-criado na medicina nada mais é do que o velho pensamento dialético grego ou a metafísica tibetana com roupagens modernas. O doutor Martius acreditava que a medicina do futuro fosse bastante diferente daquela que conheceu. Infelizmente, as suas esperanças de que no futuro a medicina e os médicos fossem melhores não se concretizaram. A medicina oficial apenas progrediu, mantendo a pobreza filosófica, os médicos, de modo geral, conservam a intransigência, o ceticismo, a tradicional soberba e a lamentável cegueira para o lado simples das coisas.

Na sua opinião, o que o doutor Martius quis legar para a humanidade? O senhor considera viável ainda hoje a metodologia proposta por ele?

Márcio Bontempo - Ele se preocupou em passar um tipo de conhecimento, de abordagem sobre o mistério do homem e da vida, além de noções de medicina e alquimia, simplesmente pela vontade de fazê-lo. Parece-me que ele não conseguiu ou não quis publicar esse trabalho na época e sentiu necessidade disso agora. Ou pode ser que o material tenha sido muito avançado para a época e só agora houve "autorização" para isso. Não sei mais, pois nunca tive um diálogo direto com Gutezeit. Não havia contato desse tipo entre nós. Eu não podia fazer perguntas. Depois dessa fase, nunca mais senti nada ou recebi qualquer informação. Mistério. A metodologia dele é tipicamente anacrônica, bem como a terminologia e temática. Tive de fazer adaptações que me foram muito difíceis.

Como o senhor vê hoje a relação entre medicina e alquimia?

Márcio Bontempo - Depois desse trabalho em "parceria" com Gutezeit, vejo que , em essência, não são coisas diferentes. Difícil entender isso numa época em que o academismo cartesiano e o organicismo imperam. Mas estamos diante de uma grande mudança de paradigma na medicina ( e em tudo), onde a grande unidade mostra que nada é separado.

Na sua opinião, o planeta está doente? De onde viria a cura?

Márcio Bontempo - O planeta está doente e a cura pode vir de vários modos. Pode vir de uma grande catástrofe natural, produzido pela própria natureza revoltada com a interferência do homem. Ou pode ser uma solução alopática, com movimentos sociais e espiritualistas conscientizantes. Pode ser homeopática, lenta, com a formação de novas gerações progressivamente mais respeitosas, fraternas, humanistas, espiritualizadas, conscientes.

Acredito que essa experiência de psicografar um médico tão inteligente quanto mordaz deve ter provocado no mínimo, muita reflexão. Qual a sua mensagem?

Márcio Bontempo - Provocou sim e mudou muita coisa em mim. É necessário vigiar contínua e minuciosamente os nossos sentidos, pensamentos e impulsos, verificando a sua real natureza e retificando-os pelo poder do discernimento e vontade. Isso realizando um trabalho individual, uma revolução interior. Devemos atuar em prol da humanidade, da melhor forma que puder, reduzindo o egoísmo e o egocentrismo, desenvolvendo a consciência planetária e depois a consciência cósmica.

*********

Dr. Marcio Bontempo


Dr. Marcio Bontempo é médico homeopata, especialista em saúde pública, autor até o momento de 45 obras de sucesso.

Há 25 anos dedica grande parte do seu trabalho como profissional de saúde a projetos e atividades voltadas para a saúde do povo.

Criador do Movimento Médicos Pés Descalços, em São Lourenço, Minas Gerais, que durante muitos anos divulgou técnicas naturistas para a saúde popular e atendeu gratuitamente milhares de pessoas.
Foi criador do Projeto Brazlândia, no Distrito Federal, voltado para o atendimento multidisciplinar, em comunidades carentes, utilizando recursos da medicina natural.

Mentor do Projeto Palmares, no Rio de Janeiro, com as mesmas bases do Projeto Brazlândia, durante o Governo Leonel Brizola e Prefeito Saturnino Braga, como assessor da Secretaria Municipal de Saúde, gestão Dr. José Assad.

Recebeu do Governador José Aparecido, de Brasília, medalha de Honra ao Mérito, em reconhecimento por serviços prestados à saúde da nação brasileira.

Foi o primeiro médico brasileiro a denunciar os perigos dos agrotóxicos e dos aditivos artificiais nos alimentos, em seu polêmico livro Relatório Orion, publicado com grande sucesso pela LP&M Editores em 1985.

Já realizou milhares de palestras e cursos pelo Brasil e no exterior.
Hoje Dr. Marcio Bontempo dedica-se ao desenvolvimento de projetos e de publicações voltadas para a saúde da população brasileira, principalmente dos menos favorecidos e vítimas da injustiça social.

Há mais de 45 obras no Brasil e no exterior, há 25 anos dedica grande parte do seu trabalho à promoção da saúde comunitária e social, foi o primeiro médico brasileiro a denunciar os perigos dos agrotóxicos e dos aditivos artificiais nos alimentos, já ministrou milhares de palestras e cursos no Brasil e no exterior.


Ficha Técnica
Consultor Científico da Ong TerraBrazil!
Médico formado em 1981, pela Universidade Sul Fluminense.
Especialização em Saúde Pública, pela Universidade São Camilo.
Assessorou o PROCON - Grupo de Defesa ao Consumidor/SP.
Assessorou a Secretaria Municipal de Saúde do Estado do RJ.
Ex-Membro da Comissão de Saúde da Câmara Federal/DF.
Palestras sobre Medicina Natural na Universidade da Califórnia (UCLA), Los Angeles e São Francisco - EUA.
Consultor técnico científico de várias empresas, como: Editora Natureza - Medicina Alternativa de A a Z, Costa Sul - Produtos para a Saúde, Spa Tour Life, Ong TerraBrazil! entre outras.


Algumas das 45 obras do autor:
Guia Médico da Saúde Natural - Editora Ong TerraBrazil!
Alimentação Para um Novo Mundo - Editora Record
AIDS – Esclarecimento Global e Uma abordagem Alternativa – Hemus
Bases Fundamentais do Irisdiagnóstico – Global
Receitas Para Ficar Doente – Hemus
Saúde Total Pela Alimentação Macrobiótica – Global
Guia Científico Nature´s Sunshine
As Mais Deliciosas Receitas da Culinária Natural Brasileira – Global
O Livro da Medicina Natural – Nova Cultural
Novas Receitas Para Ficar Doente – Best Seller
Manual da Medicina Integral - Best Seller
A Medicina Floral - Ediouro
Guia Prático da Alimentação Natural – Best Seller
O Caduceu de Mercúrio – Best Seller
SPA, Em casa - Domínio Público.
Suplementos Nutricionais e Produtos Naturais – Best Seller
Emagrecer é Sopa – Best Seller
Relatório Orion – LP&M
Almanaque Pés Descalços – LP&M
Medicina e Alquimia – Editora Gente
O Livro da Grande Lei – Madras
Alternativas Atuais Para a Prescrição Médica – Guanabara
Água e Magnetoterapia – Best Seller

Para maiores detalhes sobre biografia e currículo do Dr. Bontempo, acesse
www.drmarciobontempo.com.br.


LIVROS

22211854-Receitas-Para-Ficar-Doente-Dr-Marcio-Bomtempo.pdf

Márcio Bontempo - Manual da Medicina Integral.pdf

Marcio Bontempo(Dr.) - Pimenta e seus Benefícios à Saúde (doc)(rev).doc

Marcio Bontempo - Bases Fundamentais do Irisdiagnóstico.doc

Marcio_Bontempo_-_Homeopatia_e_Radiestesia.pdf


Fonte
Lena Rodriguez
Terapeuta Holística
E-mail:
liberdadedeser@gmail.com

Google + 1

Talvez se interesse:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Florais e Cia...